SCREENING FITOQUÍMICO E FÍSICO-QUÍMICO DOS EXTRATOS DA Curcuma zerumbet ROSCOE (ZINGIBERACEAE) DO AMAZONAS PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS TERAPÊUTICOS

Marcia Seixas de Castro, Carlos Cleomir de Souza Pinheiro, Helyde Albuquerque Marinho

Resumo


Nas últimas décadas, novas tecnologias, como a biotecnologia habilitaram os cientistas de alimentos a planejar novos produtos saudáveis. Assim, a adição de outros ingredientes a alimentos como os extratos de plantas, ricos em constituintes fitoquímicos medicinais e terapêuticos, além de agregar valor, entra como um dos fatores primordiais para a obtenção de um produto com propriedades terapêuticas. O screening fitoquímico e físico-químico é a busca de informações a partir de espécies biológicas para seu uso posterior em processos de produção de alimentos terapêutico funcionais. Neste trabalho são apresentados os resultados do screening realizado nos extratos do rizoma da Curcuma zerumbet Roscoe (Zingiberaceae) coletado na Comunidade Tarumã-mirim, Ramal do Pau Rosa, localizado no Estado do Amazonas/Brasil. Foram estudados os extratos (óleo, aquoso e hidroalcoólico) quanto aos constituintes químicos e físico-químicos. Os extratos apresentaram componentes bioativos de interesse nutricional e funcional como flavonoides (60,2 ± 0,02; 65,75 ± 1,25), antocianinas (13,49 ± 1,25; 18,56 ± 0,05) e compostos fenólicos (5,81 ± 0,09; 9,29 ± 0,05), além dos curcuminoides: curcumina e dimetoxicurcumina; e/ou curzerenona, compostos com propriedades farmacológicas.

Palavras-chave: Curcuma, Alimentos Terapêuticos, Compostos Bioativos.


Texto completo:

DOWLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v7n1p6-11

Direitos autorais 2017 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.