CONTROLE DE QUALIDADE DE AMOSTRAS COMERCIAIS DE Schinus terebinthifolius RADDI (AROEIRA) ADQUIRIDAS EM MERCADOS PÚBLICOS DA CIDADE DE SÃO LUÍS-MA

Milena Valadar Miranda, Wellyson da Cunha Araújo Firmo, Luciana Patrícia Lima Alves Pereira, Clarice Noleto Dias, Natércia Gomes de Castro, Roberto Sigfrido Gallegos Olea, Denise Fernandes Coutinho Moraes, Luíz Mário da Silva Silveira

Resumo


A fitoterapia é uma prática terapêutica de grande aceitação pela população em todo o mundo. Como consequência, várias espécies vegetais são comercializadas em mercados públicos ou feiras livres em muitos países, inclusive no Brasil. A espécie Schinus terebinthifolius Raddi, popularmente conhecida como aroeira, está entre as plantas de grande consumo devido à suas propriedades medicinais. Assim, este estudo objetivou avaliar a qualidade de amostras comerciais de aroeira, adquiridas em mercados públicos da cidade de São Luís-MA. Utilizou-se cascas adquiridas em 12 mercados públicos e cascas obtidas de um exemplar previamente identificado, que foram consideradas amostra referência. Realizou-se análise morfológica e anatômica, testes fitoquímicos, avaliação do teor de umidade e da atividade antibacteriana das amostras comerciais comparando os resultados com a amostra referência para atestar sua autenticidade. Após a análise macroscópica, seis amostras apresentaram aspectos morfológicos diferentes da amostra referência. Na análise microscópica, ficou demonstrada que apenas cinco amostras eram autênticas. Na avaliação fitoquímica, as amostras comerciais apresentaram diferenças relacionadas, principalmente, a análise de taninos e saponinas. Cinco amostras ficaram reprovadas na determinação de umidade. Na avaliação da atividade antibacteriana, todas as amostras revelaram algum grau de atividade para Staphylococcus aureus, no entanto, apenas seis foram ativas contra Escherichia coli. A má qualidade de drogas vegetais comercializadas com fins terapêuticos demonstra a necessidade de programas de fiscalização e controle de qualidade, objetivando, assim, a segurança do consumidor.

Palavras-chave: Autenticidade. Controle de qualidade. Schinus terebinthifolius Raddi.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v6n1p83-90

Direitos autorais 2016 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.