ANÁLISE COMPARATIVA DE PARÂMETROS DE BALNEABILIDADE EM FAZENDINHA, MACAPÁ-AP

Jonas Silva Campos, Helenilza Ferreira Albuquerque Cunha

Resumo


A balneabilidade é um instrumento de verificação de parâmetros que determinam se a água da praia tem qualidade para a recreação de contato primário. O objetivo da pesquisa foi verificar a balneabilidade e as condições da qualidade ambiental do balneário da Fazendinha em Macapá. A metodologia contou com uma pesquisa descritiva, com análise de dados primários e secundários de qualidade da água considerando um período de 2 anos. As informações sobre o monitoramento realizado foram pesquisadas junto ao Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Estado do Amapá – IMAP. Os resultados mostraram valores de E. coli e pH satisfatórios para o balneário da Fazendinha. O estudo foi ampliado para outros balneários no sentido de comparar esses parâmetros. Os demais balneários mostraram resultados alterados para o pH, em não conformidade com a legislação. Foram encontrados valores de pH = 4,4 no Curiaú, pH = 5,82 do Perpétuo Socorro, pH = 5,89 no Santa Inês e pH = 5,5 no Ariri. Essas alterações reforçam a necessidade de se intensificar períodos de monitoramento que é feito uma vez ao ano. Na Fazendinha, 42% dos entrevistados identificaram que o balneário é utilizado em outros meses não monitorados. O estudo reforça a importância da comunicação por parte do órgão responsável quanto à qualidade da água para maior satisfação e segurança aos usuários.

Palavras-chave: Qualidade da água, resolução CONAMA 274/2000, qualidade ambiental.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v5n4p110-118

Direitos autorais 2015 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.