OCORRÊNCIA DO CAMARÃO TIGRE-GIGANTE Penaeus monodon FABRICIUS, 1798 (CRUSTACEA, DECAPODA, PENAEIDAE) NA PLATAFORMA CONTINENTAL PIAUIENSE

Ricardo Cezar Alves Vieira da Silva, Luiz Gonzaga Alves dos Santos Filho, Sidely Gil Alves Vieira dos Santos, Carlos Eduardo de Pádua Ribeiro

Resumo


O presente trabalho teve o objetivo de relatar a primeira ocorrência do camarão tigre-gigante Penaeus monodon Fabricius, 1798 no litoral piauiense. Foi capturado um único exemplar em março de 2015 por uma embarcação da frota camaroneira. No laboratório o espécime foi identificado, sexado, pesado e mensurado no comprimento do cefalotórax (CC), comprimento do pós-orbital (CPO) e comprimento total (CT). O exemplar capturado foi uma fêmea de 298,45 g, 316,20 mm (CT), 133,85 mm (CC), e 90,10 mm (CPO) capturada na faixa de profundidade de 4 a 6 metros na latitude: 2°50'51.1" S e longitude: 41°40'03.9" W.

Palavras-chave: Bioinvasão, Penaeus monodom, Plataforma Continental Piauiense.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v6n2p120-122

Direitos autorais 2016 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.