FLEBOTOMINEOS (DIPTERA: PSYCHODIDAE) COLETADOS EM UM ASSENTAMENTO RURAL NO ESTADO DO AMAPÁ, BRASIL.

José Ferreira Saraiva, Raimundo Nonato Picanço Souto, Ricardo Marcelo dos Anjos Ferreira

Resumo


O presente estudo teve como objetivo realizar levantamento das espécies de flebotomíneos do Assentamento Rural Nova Canaã, município de Porto Grande, Estado do Amapá, as amostragens foram realizadas em um período de quatro meses, estação menos chuvosa, com a utilização de armadilhas luminosas do tipo CDC instaladas do crepúsculo ao amanhecer. Foram coletadas 228 flebótomos pertencentes a sete espécies. A espécie mais abundante foi Lu. whitmani com 71(31,1%) dos indivíduos amostrados, as espécies Lu. umbratilis, Lu. whitmani, Lu. ubiquitalis e Lu.hirsuta, são relatadas como principais vetoras de leishmaniose tegumentar Americana e estão atualmente passando por processo de domicialização.

 

 

Palavras-chave: entomologia médica, epidemiologia, flebótomos, Lutzomyia, Leishmaniose.

 

 

DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v1n1p58-62


Texto completo:

PDF_Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v1n1p58-62

Direitos autorais 2011 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.