CAIXAS NINHOS UTILIZADAS POR VERTEBRADOS NA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DO RIO CURIAÚ, MACAPÁ, AMAPÁ.

Rafael Homobono Naiff, Carlos Eduardo Costa Campos, Andréa Soares Araújo

Resumo


Diversas espécies de animais encontrados em florestas tropicais são dependentes de cavidades naturais para nidificação ou abrigo. A redução dessas cavidades pode limitar a sobrevivência destas espécies, já que a dinâmica populacional e reprodutiva pode ser influenciada por esses fatores. Para compensar essa redução, caixas ninho podem servir como substituto das cavidades naturais. Objetivando realizar um estudo sobre a utilização das caixas ninhos por vertebrados, nós instalamos 50 caixas ninhos de madeira em árvores a 3 m de altura do solo nos hábitats de floresta de terra firme, floresta de várzea e cerrado da Área de Proteção Ambiental do rio Curiaú, município de Macapá. As caixas ninho foram inspecionadas quinzenalmente, durante o período de setembro de 2005 a setembro de 2006. Das 50 caixas ninho instaladas, 16 foram utilizadas com finalidade de nidificação por Brotogeris versicolurusAratinga aureaTroglodytes musculus. As famílias mais representativas foram Psittacidae (N=8) e Turdidae (N=3). As caixas ninho foram ocupadas como abrigo por anfíbios, Hypsiboas raniceps (N=1), H. multifasciatus(N=3) e Trachycephalus venulosus (N=7); répteis, Boa constrictor (N=1) e mamíferos, Marmosa murina (N=2), Didelphis marsupialis (N=2) eMolossus molossus (N=4). Diversos fatores, como características do habitat e o tamanho das caixas ninho podem explicar a ausência de determinadas espécies de vertebrados que utilizam cavidades com dimensões maiores que as utilizadas neste estudo.

 

Palavras-chave: caixas ninho, conservação, vertebrados.

 

DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v1n1p32-37


Texto completo:

PDF_Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v1n1p32-37

Direitos autorais 2011 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.