COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE AVES EM Cecropia pachystachya Trécul (URTICACEA) EM UM AMBIENTE URBANO NO MUNICÍPIO DE LUZ, MINAS GERAIS, BRASIL

Gustavo Leite Gonçalves, Breno Dias Vitorino

Resumo


Espécies frugívoras são importantes pois são potenciais dispersores de sementes. O presente trabalho identifica as aves que se alimentam dos frutos de Cecropia pachystachya e quais as estratégias de captura de frutos apresentado por elas durante as visitas, indicando assim qual poderá atuar no processo de dispersão das sementes. As coletas de dados foram realizadas em dias não consecutivos entre os meses de março a junho de 2009, em uma área urbana em Luz, MG. Foram observadas 14 espécies de aves de seis famílias, consumindo parte dos frutos de C. pachystachya. Forpus xanthopterygius foi responsável por 76% das investidas ao fruto, porém essa espécie apresentou um comportamento predatório sendo a única a não contribuir efetivamente no processo de dispersão. Os potenciais dispersores de C. pachystachya foram os representantes da família Thraupidae. As estratégias de captura mais utilizadas pelas aves foram colher, alcançar e pendurar. O comportamento de obtenção do fruto através de voo ininterrupto foi realizado por apenas duas espécies Pitangus sulphuratus e Myiarchus ferox, e o comportamendo de voar pairando antes de obter o fruto não foi apresentado por nenhuma ave.

Palavras-chave: Cecropia pachystachya, frugivoria, Interação ave-planta.


Texto completo:

DOWNLOAD DO ARQUIVO (PDF)


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v4n3p100-105

Direitos autorais 2014 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.