AVALIAÇÃO DA ATRATIVIDADE DE OVITRAMPAS A Aedes (Stegomyia) Aegypti LINNEUS (DIPTERA: CULICIDAE) NO BAIRRO HOSPITALIDADE, SANTANA, AMAPÁ

Leilane dos Santos Nunes, Rose Rodrigues Trindade, Raimundo Nonato Souto

Resumo


O vírus do Dengue tem se manifestado em forma de epidemia em centros urbanos de muitas regiões do mundo. Nas Américas, o Ae. aegypti é o único transmissor com importância epidemiológica. Este estudo visou detectar a presença de Aeaegypti no bairro Hospitalidade no município de Santana, bem como, comparar o efeito atrativo da infusaõ de feno dePanicum maximum Jacq a 10% e de água natural à fêmeas grávidas. As amostragens de ovos foram realizadas no período de 22.09 a 27.10.2007 (período menos chuvoso), com o uso de ovitrampas, com solução de infusão e com água natural, instaladas em 30 quadras, agrupadas em quatro blocos A(01 a 09), B(10 a 18), C(19 a 26) e D(27 a 32). Nas 300 amostragens foi coletado um total de 9.820 ovos de Ae. aegypti, com IPO de 36,6% e IDO de 89, 2. Foram estimados os índices de positividade dos ovos (IPO) e  de Densidade dos ovos (IDO) por blocos, sendo, A=20,3%, B=13%, C=2,3% e D=1% e A = 117,7; B = 62,8; C =10,8 e D =36,6, respectivamente. No total das ovitrampas, com infusão coletou-se 5.947 ovos com IDO de 100,79 e IPO de 46,6 % e com água natural 3.804 ovos com IDO de 82,69 e IPO de 33,3%. Os resultados indicam que as ovitrampas representam uma ferramenta muito promissora no monitoramento do mosquito Ae. aegypti.

 

Palavras-chave: dengue, epidemiologia, Panicum maximum, vigilância entomológica.

 

DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v1n1p26-31


Texto completo:

PDF_Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v1n1p26-31

Direitos autorais 2011 Biota Amazônia (Biote Amazonie, Biota Amazonia, Amazonian Biota)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.